Mais uma edição do Karaokê Beneficente Kodomo no Sono, coroada de sucesso!

Foi realizado, no dia 2 de Fevereiro, com pleno êxito, o XXI Concurso Nacional Karaokê Beneficente à Associação Pró-Excepcionais Kodomo no Sono, tradicional concurso que premia os campeões dos Grand Prix com belos troféus, transitórios, vindos de origens nobres, como ao campeão das categorias A/Especial, recebido do Governo do Estado de São Paulo, e o das categorias Extra/SuperExtra, do Consulado do Japão; além do Estandarte recebido da Presidência da República conferido à equipe de cantores campeã do dia; e ainda o troféu, direto, ao campeão da categoria Pop, advindo da Prefeitura Municipal de São Paulo.

Troféus, em disputa

Mesmo assim, o evento que foi realizado nos dois auditórios (pisos inferior e superior) da Associação Shizuoka Kenjin do Brasil, que se iniciou às 7h30, recebeu a inscrição de apenas quinhentos e treze cantores, mas em termos práticos, suficiente para sua realização visto que além do tempo dos Grand Prix, havia ainda a considerar o período, como ocorre todos os anos, da apresentação de vinte e nove internos disputando também seus troféus.

Capa do livro-programa

O evento

Por isso, a Comissão Organizadora, coordenada por Décio Kawazoe, resolveu formar o Júri por quatro grupos formados por quatro jurados cada de forma a não se interromper o cronograma, por exemplo, com premiações intermediárias.

Assim, os grupos foram formados da seguinte forma:
No piso inferior, o Grupo 1 foi composto por Irene Sacayemura (presidente), Setsuko Kawai, Solange Miyagui e Alexandre Hayafuji e, Grupo 2, por Hideo Hirose (presidente), Kimico Hirai, Yurie Taninaga e Tamie Aoyagui.
No piso superior, o Grupo 3 foi com Yoshiko Yamada (presidente), Orlando Shimada, Tsugiko Hongo e Terumi Takano; e o Grupo 4, com Kozo Kawabata (presidente), Yaeko Hashimoto, Armando Kono e Kasuyoshi Yasuda.

Os quatro grupos de jurados

Com isso, e de maneira bastante organizada, as seletivas, portanto, seguiram dentro do cronograma estabelecido e os campeões das categorias que disputariam os troféus citados convocados para a disputa que ocorreria ao final, do evento, no auditório do piso inferior.

Nesse ínterim, houve a Abertura Oficial em cujo início foi solicitado um minutos aos amigos do karaokê falecidos recentemente, em especial da jovem cantora Márcia Hissae Furuyama, assídua nesses concursos.

Abertura Oficial
minuto de silêncio

À Abertura subiram ao palco cerca de três dezenas de pessoas, entre autoridades, membros da Comissão e convidados especiais, dentre os quais Pedro Mizutani, presidente da UPK; Yoko Tanabe, secretária geral da ABRAC e a representando devido à impossibilidade da vinda de sua presidente, Akemi Nishimori; mais Akeo Yogui, presidente do Enkyo e Roberto Nishio, presidente da Fundação Kunito Miyasaka, mas representando o Bunkyo-SP. Nessa ocasião, dentre seis oradores, o primeiro foi André Korosue, presidente da entidade beneficente Kodomo no Sono que saudou e agradeceu ao público pelo prestígio da presença e participação.

Abertura Oficial
1. André Korosue (Kodomo) 2. Pedro Mizutani (UPK)
3. Yoko Tanabe (ABRAC) 4. Hideo Hirose (Júri)

Pouco depois chegou o momento esperado com muita ansiedade pelo público, da apresentação dos internos que foram divididos em dois grupos, um de dezessete e outro de doze, que se apresentaram, como sempre, com muita animação, alguns dos quais demonstrando muito ritmo e até afinação. O público vibrou e cantou junto com alguns deles. A recíproca também ocorreu com eles durante suas apresentações e, principalmente, nas premiações.

Interrnos do Kodomo já
dispostos na plateia
Grupo 1
(foto: Gustavo Misumi)
Grupo 2
(foto: Gustavo Misumi)

Dando sequência, as derradeiras seletivas aos Grand Prix em ambos os pisos foram realizadas com muita intensidade.

Categoria Star, última do dia antes do GP:
Mário Chibana, Kunihiro Tanahara e Carmen Fujita

Até que o grande momento do Grand Prix chegou. Para isso, nova composição do Júri foi idealizada, dessa vez, com cinco jurados, da seguinte forma: Irene Sacayemura (presidente), Hideo Hirose, Kozo Kawabata, Kimico Hirai e Setsuko Kawai.

Jurados aos Grand Prix

Antes, porém, foram conferidos os troféus da categoria Pop ao campeão Kimio Suzuki e o do Dantai Sen (equipe) à campeã, do professor Alexandre Hayafuji

Acima, Kimio Suzuki
Abaixo, equipe do prof. Alexandre Hayafuji
Finalistas (8) das categorias A/Especial
Finalistas (13) das categorias Extra/SuperExtra

Ao final, os contemplados dessas categorias foram: Nami Kuniyoshi, na A/Especial, e Kleber Hamada, na Extra/SuperExtra.

Momento de anúncio e premiação
à Nami Kuniyoshi campeã da A/Especial

Momento de anúncio e premiação
a Kleber Hamada, campeão da Extra/SuperExtra
Todos os premiados:
Kimio, Pop; Kleber, Extra/SuperExt; Nami, A/Esp; e Alexandre, Dantaisen

O som, no piso inferior ficou sob responsabilidade da Hidani Som e, no piso superior, da Kistsuwa Som (Akira Kitsuwa. A Contagem/Informática, em ambos os pisos à IBP Informática (Kimiko Taniguchi e Alexandre Taniguchi).

Para encerrar, o vice-presidente Sérgio Oda, ao lado do presidente do Concurso, Armando Taniguchi, agradeceu a todos e os convidou à próxima edição, em 2021.

(Texto: Silvio Sano – fotos: do próprio e de Gustavo Misumi)

Be the first to comment on "Mais uma edição do Karaokê Beneficente Kodomo no Sono, coroada de sucesso!"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*