Nipponjin no Kokoro no Utá, ainda… O SHOW!

Considerado por muitos e até por alguns dos próprios cantores que participam do mesmo como melhor show do ano de música ao vivo realizado no Grande Auditório do Bunkyo/SP, o 18º Nipponjin no Kokoro no Utá (18º Melodias Imortais), deste ano, ocorreu no dia 19 de Agosto e, como todos os anos, com o auditório lotado.

Estávamos preocupados devido à quantidade de outros taikais realizados nesse mesmo dia, um dos quais muito próximo daqui, mas graças a Deus, como sempre, o pessoal nos prestigiou”, mostrou-se feliz e aliviada, Midori Michi, esposa do idealizador e apresentador Koji Michi, hoje, referência desse evento.

Eu, particularmente, gosto de cantar aqui porque quando canto, vejo obachans e até ojichans com lágrimas nos olhos. Dá uma enorme satisfação”, garante Sérgio Tanigawa que, depois que cantou pela primeira vez sempre fez questão de retornar e é dos que consideram o evento como dos melhores do ano nesse auditório.

À edição deste ano, Melodias Imortais, que fez parte do calendário oficial dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, contou com a participação de 66 cantores e, como sempre também, no intervalo para almoço e descanso dos músicos, com apresentações de danças tradicionais, Nihon buyo da Nishikawa-ryu Nishikawa Yosuke-kai e Tamagusku-ryu Gyokusenkai do Shiroma Kazue Ryubu Dojo, que emocionaram o público e foram bastante aplaudidos.

Ainda houve homenagens de gratidão com arranjos de flores oferecidos às professoras de dança, Yosuke Nishikawa, Kan Etsushi, Kazue Shiroma e Miriam Hasegawa; mas também a Taro Kato, por seus 94 anos de idade e ainda cantando; e aos cantores Takahata Shoji e Kikuti Etsuko, por pioneirismos no meio musical e que, nesse dia, fizeram também uma apresentação em dueto.

Como destaque, há que se citar a vinda de cantores que moram longe de São Paulo, apenas para participar desse tradicional conceituado evento, alguns sem tempo para ensaiar com a banda The Friens, como Nobuhiro Hirata (Presidente Prudente), Sérgio Tanigawa (Sorocaba), Paula Hirama (Piracicaba), Akemi Okamoto (Salto), Kazuyoshi Kitagawa (São José dos Campos), Akira Ikawa, Gustavo Harano e Mayumi Takahashi (Mogi das Cruzes), Yuji Hiroishi (Jundiaí), Taís Iwano (Atibaia), Aquico Miyamura e Rafael Yasunaga (Campinas), comprovando a relevância do mesmo, atualmente.

Beneficente, como anunciado, a renda foi revertida para a Associação Pró-Excepcionais Kodomo no Sono, com a doação formal realizada em pleno palco, da parte de Elzo Sigueta, presidente da Comissão Organizadora, às mãos de André Korosue, presidente daquela entidade.

Ao final houve ainda os sorteios de prêmios anunciado com alguns dos contemplados recebendo-os no próprio auditório. Os números sorteados foram:

1º prêmio – TV de 28 polegadas, bilhete Nº 735;

2º prêmio – DVD player, bilhete Nº 1100;

3º prêmio – edredon, bilhete Nº 812;

4º prêmio – edredon, bilhete Nº 1028;

5º prêmio – edredon, bilhete Nº 420

O show, que é uma realização da Associação Cultural e Recreativa Grupo The Friends, no início selecionava as músicas a partir de uma enquete realizada no Nikkey Shimbun e as apresentava no evento em ordem cronológica de seus lançamentos. Atualmente, tendo esse enorme repertório de músicas preferenciais baseadas nas enquetes passadas, simplesmente as seleciona conforme alguma motivação. Ao caso deste ano, foram em referência ao período dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil e, novamente, do agrado do público que lá esteve presente.

Os músicos da Banda Grupo Friends foram: Tadao Ebihara (líder e sax alto), Koji Kozawa –Gombô (guitarra), Sérgio Teruya (contra baixo), Tadatomo Ebihara (bateria), Roberto Kakishita (teclado), Fumio Omori (sax alto), Seitiro Oki – Juca (percussão), Emerson de Andrade (trombone), Mauro Boim (trompete), Aiko Tengan (violino), Mayumi Tengan (violino) e Kaori Shiozawa (flauta).

(texto e fotos: Silvio Sano)

1 thought on “Nipponjin no Kokoro no Utá, ainda… O SHOW!”

  1. Maria Terumi Kami disse:

    Boa tarde,
    Gostaria de adquirir a gravação deste show.
    É possível?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *