No sempre familiar Koohaku CMU, deu… AKAGUMI!


Sob a coordenação geral de Décio Kawazoe, apoiado pela vice-presidente da Banda CMU, Shizue Motizuki e pela esposa do prof. Jinbara, Alice Jinbara, o 12º Gran Koohaku Utagassen CMU aconteceu no dia 24 de novembro de 2019, dentro do já tradicional clima familiar, a começar pelo critério de participação com motiyori de forma que o almoço fosse realizado conjuntamente entre membros da banda, jurados, cantores e público presente, com o evento sendo interrompido completamente com esse propósito.

Como em todos os anos, foi realizado no auditório da ACENSA, localizado na Rua Vigário Taques Bitencourt, 211, em Santo Amaro, São Paulo/SP, e com participações de cantores vindos de Mogi das Cruzes (Jun Kuniyoshi), São Bernardo do Campo (Emilio Goto) e até de Campinas (Walter Sasaki).
Como se trata de evento com música ao vivo, pela banda CMU, a emoção aos cantores participantes é maior, até como superação de tabu para alguns. E como o clima é familiar, alguns trazem coreografias particulares às suas apresentações ou estimulam o público a dançar enquanto cantam. Assim, no palco ou na plateia, quase sempre tem alguém contribuindo à apresentação do cantor ou da cantora do momento.

Por familiar que é, não interessando proteção a uma ou outra equipe, branca ou vermelha, até essa edição a equipe branca (masculina), no cômputo geral, estava à frente da feminina com uma diferença de três vitórias, e ocorridas nas últimas três edições.
Ou seja, na edição deste ano, a equipe feminina quebrou a sequência de vitórias da branca e a venceu por 6.171 a 6.125, reduzindo a diferença e ficando, agora, em 7 a 5 pró Shirogumi.

Gostaria de agradecer a todos os membros de nossa querida banda, aos cantores participantes, mas em especial, enaltecer o sensei Jinbara pela dedicação e empenho no preparo das inúmeras partituras, para que tudo saísse da melhor forma possível e, por tabela, a esposa Alice que, incansavelmente, procurou atender a todos os pedidos”, manifestou-se assim Shizue Motizuki, por novo sucesso do evento. “E agradecer também os saborosos e variados pratos ofertados por todos os envolvidos , tornando a nossa hora do almoço uma belíssima festa de confraternização”, concluiu.

Almoço, auge da confraternização

O Corpo de Jurados que, sem exceção, permaneceu presente do começo ao final (das 10h às17h30), foi composto por:
Tatsuo Nakayama (presidente), Akie Takada, Norikazu Sassaki, Marina Ishizawa, Haruyuki Kumabe, Lidia Tachibana, Katsumi Maquiguiça, Lina Oyama, Manoel Sato, Marina Shimoebara, Takao Yamada, Hitomi Yasuda, Toyoshi Sasaki, Noburu Kuzuhara e Luiz Oyama.

A Banda CMU, presidida por Milton Iwaya, foi formada por: Masaru Jinbara (sax tenor), Ricardo Jinbara (sax tenor/bateria), Eiji Ueda (sax alto), Kazuaki Maebara (sax alto), Yun (trompete), Kaori Shiozawa (piano), Hideo Hirose (teclado), Yukari Jinbara (violão), Milton Iwaya (guitarra), Rogério Jinbara (guitarra/contrabaixo), Takeshi Matsumoto (contrabaixo), Edson Tsuda (bateria) e Mauro Yamada (percussão).

E teve início o 12º Gran Koohaku Utagassen CMU , cujos mestres de cerimônia foram Olímpio Kosonoe e Ayako Miyasaki, a partir do tradicional juramento por parte dos capitães das respectivas equipes, Décio Kawazoe pela equipe branca e, Kazue Takahira, pela vermelha; e, posteriormente, “jankepô!” vencida pela vermelha, para começarem a cantar.

Mas teve também a excepcional participação de crianças…

Sem contar que os três intervalos para descanso dos músicos foram sempre devidamente preenchidos, ou por odori, por apresentação especial de cantores mesmos, bem como pelo Coral ACENSA, cujo maestro é o prof. Masaru Jinbara e que ocorreu logo após o maior intervalo, do almoço- confraternização.

Pouco antes da apresentação do Coral, de forma discreta para uma saudação ao público ocorreu a Abertura Oficial.

E o show prosseguiu, de forma que a cada intervalo os capitães apareciam para apresentar ao público as contagens parciais. A equipe vermelha venceu de ponta a ponta.

E se encerrar a disputa em clima de festa!

Infra estrutura e apoios logísticos

Be the first to comment on "No sempre familiar Koohaku CMU, deu… AKAGUMI!"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*