E deu Shirogumi, no animadíssimo Kouhaku Cosmos Gakudan!

Como têm ocorrido nas últimas edições, inclusive com vitórias consecutivas da equipe masculina SHIROGUMI (quarta vez), também esse 20º Shinnen Kouhaku Utagassen, da Cosmos Gakudan correspondeu às expectativas, satisfazendo a todos os participantes e simpatizantes. Foi realizado no dia 25 de janeiro de 2020, no auditório do Bunkyo de Mogi das Cruzes, sito à Rua Presidente Campos Salles, 230 – Vila Industrial.
Tudo pode também ter a ver com a simpatia e receptividade do pessoal da Comissão Organizadora e dos membros da própria banda que, ao atrair mais cantores, inclusive da Capital e de outras cidades do Estado, acaba por elevar também o nível do evento, como ficou muito claro nesse último. Por isso, também, às 9h00, hora marcada para início do mesmo, o estacionamento, que é amplo, já estava todo tomado e permaneceu assim o tempo que o durou.

Estacionamento do Bunkyô, lotado…
situação que permaneceu quase que
o evento todo.

Devido a um imprevisto o evento teve de atrasar um pouco seu início, mas por esse clima alegre no ar quase passou imperceptível e, a partir daí, transcorreu de forma normal como ocorre a um evento como esse música ao vivo, que contou com cinquenta e sete pares de cantores, além de um show infantil com cinco crianças se apresentando.

Sueo Maekawa, presidente da Cosmos Gakudan, abre o 20º Shinnenkai Kouhaku Utagassen

Mesmo com a quarta vitória consecutiva da equipe Shirogumi, nessa edição, o placar geral permanece, ainda, com vantagem para Akagumi em treze a sete. “A diferença ainda é grande porque no começo só dava mulheres. Lembro que durante muito tempo só tinha fitas vermelhas amarradas ao troféu… rs. Mas de uns tempos para cá, os homens desembestaram em ganhar”, justificou Mayumi Takahashi que, além de cantar foi uma das apresentadoras. As fitas amarradas no troféu quantificam as vitórias de cada equipe.

Troféu com as fitas brancas e
vermelhas marcando o número
de vezes que cada equipe venceu

O Kouhaku

A Cosmos Gakudan, atualmente presidido por Sueo Maekawa, teve como composição de músicos para esse Kouhaku; Tadashi Watanabe (líder – guitarra), Shoiti Teraoka (guitarra), Massao Yamamoto (sax alto), Mário Tsuchida (sax tenor), Kiyomi Kodama (teclado), Elisa Tomari (teclado), Eduardo Suguimura (contra baixo) e Kendi Ikeda (bateria). A Sonoplastia ficou sob a responsabilidade de Yuji Nishimura, com apoio de Akira Ikawa.

Disposição da banda no palco
Akira Ikawa e Yuji Nishimura – sonoplastia

O Corpo de Jurados foi composto por: Atsushi Ikeda (presidente), Sadako Ikawa, Luiz Kagohara, Carmen Ikeda, Paulo Toshio Aoyagui, Alice Torihara, Yoneiuki Takijiri e Isabel Sakamoto.

Jurados
Disposição dos jurados

Os capitães foram Cecília Sumie para Akagumi e Haruo Ito à Shirogumi.

Os apresentadores foram: Akiko Sakamoto, Takahata Shoji, Mayumi Takahashi, Haruo Ito, Cecíli Sumie, Takenori Yoshida, Shigue Ozono e Mieko Senaha (apresentadora da TV Utiná, como convidada especial).

Apresentadores

Os primeiros pares do dia foram: Cecília Sumie/ Shigueru Harano (que já começou animando o Kouhaku) e Mari Kikunaga/Minoru Enjoji que abriram a sequência do primeiro bloco de doze pares para, após cinco blocos, completarem a maratona dos cento e quatorze cantores, para se encerrar às 20h.

Os dois primeiros pares do dia
Shigueru Harano começando a animação…

No intervalo entre os segundos e terceiros blocos, um coral formado por cantoras da Comissão Organizadora, apresentou ao público o hino da Cosmos Gakudan, composição de autoria de Cecílio Torihara, que foi também um dos longevos presidentes dessa banda. Sua esposa, Alice, fez parte do Corpo de Jurados. “Para mim é sempre muito emocionante ouvir esse hino, ainda mais por esse grupo que permanece muito unido, conforme desejo de meu falecido marido”, revelou ela, com voz embargada. “Aliás, queria aproveitar o ensejo para parabenizar a gestão atual, na pessoa do Sueo Maekawa que tem conseguido agregar muito bem as pessoas e até atrair gente de fora para engrandecer ainda mais essa nossa festa de confraternização”, concluiu.

Coral Cosmos Gakudan
Alice Torihara, esposa de Cecilio Torihara,
autor do hino Cosmos Gakudan

Finda a terceira parte, houve um show infantil com cinco crianças cantando, todas, acompanhadas pela banda. As crianças que se apresentaram foram: Emily Aota, Ayna Watanabe, Sati Suguieda, Matheus Suguieda e Ayumi Takahashi.

Show Infantil

E o evento prosseguiu, com o auditório sempre lotado, alternando cantores solo ou, dependendo da música, acompanhados espontaneamente por pessoas da plateia com coreografias, no próprio palco ou mesmo abaixo dele, porque o que valia era a animação proporcionada aos presentes.

Vista geral do público praticamente
inalterada durante todo o evento
E a disputa prossegue…
Silvio, dando início à farra no palco…
Igualmente, Yuri, Naomi, Keiko e Mieko
apoiadas por Haruo, Shigue, Kimura e Yutaka
Casais “20” da Cosmos Gakudan
Animação até mesmo embaixo do palco…

Ao final, depois da contagem geral, com bombons envolvidos com papéis vermelhos e brancos atirados ao público, o placar apresentou 35 a 28 para a equipe masculina, Shirogumi, consagrando-a campeã dessa edição.

Contagem feita, vitória SHIROGUMI!

O presidente da banda, Sueo Maekawa e seu líder, Tadashi Watanabe encerraram o evento e convidaram o público e participantes ao próximo que se realizará na mesma época e local.

Sueo Maekawa dá por encerrado o evento
Tadashi Watanabe, líder da banda agradece

A TV Utiná, liderada pela apresentadora Mieko Senaha, acompanhada do co-apresentador Mamoru Itimura, mais o câmera, Estevão Maki, estiveram fazendo a cobertura do evento cuja reportagem foi transmitida nessa mesma noite.

(texto: Silvio Sano – fotos: Shigue Ozono e Silvio Sano)  

Be the first to comment on "E deu Shirogumi, no animadíssimo Kouhaku Cosmos Gakudan!"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*